Cheguei! Estou no Valparaíso!

(Quando estava no ônibus, lembrei desse crássico do É o Tchan e comecei a rir que nem uma besta. O trocadilho me acompanhou durante metade do dia.)

No sábado, estava novamente sozinha, sem os amigos feitos durante a viagem, e fui conhecer Valparaíso. Esse foi um passeio que quase desisti de fazer, por motivos de: não sabia se o dinheiro ia dar (minha mãe perguntava dia sim, dia também sobre minhas finanças com medo de que eu acabasse falida em Santiago) e fiquei preocupada com a distância também. Mas acabei me convencendo a ir, e peguei o ônibus na estação Pajaritos, para passar toda a tarde na cidade litorânea.

image

image

image

Algumas IBAGENS do caminho para Valparaíso. Tinha série americana passando na TV do ônibus, e eu ficava com um olho na tela e outro na janela.

Assim que entramos na cidade, a primeira coisa que fiz foi procurar pelos elevadores que um amigo meu tinha comentado. Não consegui fotografar nenhum, mas assim é a vida!

Assim que saí da rodoviária, caí no movimentadíssimo comércio de Valparaíso, com destaque para o mercado municipal.

image

image

image

Em termos de agitação, Mercado de São José perde, minha gente. Aí só vende comida, não artesanato. Quase parei pra comprar uns doces, umas castanhas…

image

image

image

image

Mais cliques das ruas.

Saindo da muvuca do mercado, dobrei umas esquinas e fui parar aqui:

image

image

image

image

Sim! Um museu a céu aberto! Por todo esse caminho ladeado de palmeiras, tem monumentos que contam a história de Valparaíso e, claro, do país todo. Até um monumento em homenagem ao exército brasileiro tem. E não é só isso!

image

image

Estes painéis são dedicados a episódios e personagens-chave da história do país. Me detive um pouco mais em alguns, como o do cantor Victor Jara, que conheci graças a uma colega professora de espanhol.

image

No pátio de eventos, estava acontecendo esta feira com degustação de pães, venda de artesanato e apresentações musicais. Boa parte dos expectadores estava sentada em uma pequena arquibancada, outros circulavam pelos stands e só havia uma pessoa, uma moça, dançando ao som da orquestra. Foi um bom espetáculo.

Eu estava decidida a não gastar demais nesse bate-volta à Valparaíso. Mas quando eu estava saindo da feira, vi uma placa com esses dizeres:

SHAMPOO SEM SULFATO.

Eu fiz o moonwalker quando li aquilo. Fui falar com a vendedora e voltei para casa com um mini kit para low poo.

image

Estreei as belezuras hoje e daqui a algumas semanas prometo comentários por aqui.

Andando mais um pouco, finalmente pude dizer olá ao Pacífico!

image

image

image

Viña del Mar é pertinho, mas não fui para lá, infelizmente. Mas ver o Porto já me deixou feliz.

image

image

image

De uma forma geral, Valparaíso me surpreendeu. Desde a movimentação no comércio popular até o azul estonteante do mar, passando pela arquitetura, programação cultural e história. Voltei para Santiago no final da tarde  (com direito a retenção na estrada) cansada mas satisfeita… E com fome! Já era quase hora do jantar.

{continua}

Anúncios

Um comentário sobre “Cheguei! Estou no Valparaíso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s