Estudando com a rádio

Há pouco mais de um mês, instalei o Todoist no meu celular e comecei a usar as to-do-lists como base da minha rotina diária (ou da tentativa de manutenção de uma rotina mínima). Assim, consegui encontrar tempo para fazer coisas básicas, do tipo estudar. Tanto que estou conseguindo focar em três idiomas, olha que massa!

Claro que não são línguas que estou começando do zero. Eu já tinha uma base e agora estou buscando ter tempo para exercitar. Nas terças, o foco é o inglês, já que pretendo fazer mais um exame de proficiência (TOEFL venceu e dessa vez quero um IELTS ou um de Cambridge…) e também tenho um projeto remoto de fazer um curso de aprimoramento fora do país. Na quinta, faço espanhol e só voltei a ele graças à temporada em Santiago. Felizmente, ainda mantenho contato com meu amigo mezzo colombiano mezzo australiano e é com ele que tenho conversado em espanhol via WhatsApp uma vez por semana, ou a cada quinze dias.

Sexta-feira é o dia do alemão, que tá enferrujadíssimo, mas do qual não desisto porque sei que ele está só adormecido em algum canto da minha mente – e quando lembro do episódio dos alemães na fila das Lojas Americanas, fico ainda mais animada de retomar os estudos. A ideia original era fazer um curso no CCBA, mas cadê tempo? Vou estudando em casa com ajuda da Deutsche Welle e tá ótimo.

Meu grande aliado, além dos livros, tem sido a Internet e as rádios locais, que consigo acessar pelo TuneIn, ou seja… Internet. Como gosto muito de rádio, tem sido pura diversão acompanhar os locutores, saber das notícias do mundo e, claro, perceber que estou conseguindo entender o que as pessoas falam (sempre conto aos meus alunos que desenvolver o listening foi meu maior desafio). Agora, deixo com vocês algumas das minhas estações preferidas, para quem tiver TuneIn e estiver procurando alguma ferramenta para treinar a compreensão auditiva com material autêntico:

  1. Rádio Nacional, de Buenos Aires: la radio de todos. Esse é o slogan da rádio, que vai ao ar na frequência AM. Gosto dessa porque não é só música. Aliás, não lembro de ter ouvido música por lá, o foco é mais em notícias mesmo, tipo a CBN. E tem participação do público também.
  2. BBC 1 e BBC 4 Extra, de Londres: enquanto a primeira tem mais cara de rádio mainstream (e entrevistas legais), a segunda é voltada para a dramaturgia, que eu amo. Um dos meus sonhos é montar a versão brasileira do BBC 4. *__*
  3. Antenne Vorarlberg: é uma rádio alemã muito legal. Não tem presença forte de locutor, mas tem música popular alemã, que é breguinha e ma-ra-vi-lho-sa. Escutem Peter Alexander e Heino, é lindo (principalmente o Peter Alexander).
  4. RMF FM, da Cracóvia: atualmente não estou estudando polonês com o mesmo foco das outras, mas aprendi um bocado por osmose, graças a Edyta Bartosiewicz, Grzegorz Turnau e essa rádio linda. A primeira coisa que aprendi lá foi que anuncia-se o comercial dizendo reklama. E que o final do comercial também é anunciado com a expressão po reklamie. No começo achei engraçadíssimo esse negócio de demarcar o intervalo comercial, mas depois a gente saca que é tipo o plim-plim da Globo no intervalo dos filmes, mas na rádio polonesa eles fazem isso O TEMPO TODO.

Por enquanto, essas são as rádios estrangeiras que mais escuto e que mais tem me ajudado nessa jornada de aprimorar a fluência em outros idiomas. Em breve pretendo adicionar o italiano e o francês à lista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s