O que aprendi no NaNoWriMo

Ontem foi o término oficial do NaNoWriMo, o mês nacional para escrita de um romance. Pessoas do mundo inteiro abraçam o desafio de escrever uma estória de 50.000 palavras em 30 dias… E eu no meio, desafiando a preguiça, o cansaço e os perigos de desenvolver uma tendinite lascada. Mas conseguir ir até o fim.

Consegui as 50.000 palavrinhas? Não. Mas nunca na história da minha vida fui tão longe com um deadline apertado. Foram 46.313 palavras, e ontem somei mais umas 800 de um adendo. Ou seja, 47 mil e poucas palavras. Considerando que em 2013 eu tentei seguir com o desafio e não cheguei nem nas duas mil palavrinhas… Enfim, apesar de não ser uma winner de fato, posso me considerar uma winner individual.

Nos últimos 30 dias eu lembrei de coisas que tinha esquecido, me libertei (pelo menos por enquanto) do bloqueio criativo e aprendi algumas lições importantes para a vida e o trabalho. E agora, compartilho com vocês um pouco do que aprendi nesses 30 dias de luta – esperando por dias de glória.

1. Não espere a musa descer do céu para dar todas as ideias que você precisa.

maxresdefault.jpg

Não, ela não vem.

Comecei meu projeto com uma storyline escrita no celular, na parte dos SMSs. Depois dei uma estendida na sinopse, criei perfil de personagens e comecei a escrever. Mas o trabalho criativo é mais transpiração do que inspiração propriamente dita, e você já deve ter ouvido isso em algum lugar. Então o negócio é separar um tempo para escrever e realmente trabalhar nisso.

2. Mas é bom buscar inspirações em todo lugar

Quando eu não estava escrevendo como se não houvesse amanhã ou trabalhando em outras coisas, estava: lendo, ouvindo música (muita), assistindo séries (com parcimônia – estou vendo o final de Mad Men aos poucos e agora faltam quatro episódios para zerar a série.

giphy

Quem já estou ficando com saudades do Don Draper?

3. Você não vai ter tempo pra pensar em muita besteira

Tive apenas um momento de ócio absoluto nesse mês, que acabou me levando a baixar apps de relacionamento e conversar com um povo nada a ver com coisa nenhuma. Nem carente eu tava, gente, foi só um momento que achei que não tinha mais o que fazer, quando SIM, eu tinha! Além do desafio criativo, ainda tinha ensaios para o recital do coral, aulas e outros compromissos. E no final das contas, os carinhas nem tinham me interessado tanto assim.

Deletei os perfis, os caras que me contataram trataram de esquecer minha existência e ficou tudo de boas.

4. Mate seu editor interno

giphy-1

Uma coisa que me atrasou um pouco no desenvolvimento do texto, principalmente no começo, foi que eu parava muito para pensar e me corrigia demais. Quando resolvi colocar o Sr. Editor Interno Tá Tudo Ruim no canto mais obscuro do meu ser, onde eu não poderia ouvi-lo, saiu até erro de digitação e vai ficar desse jeito mesmo até o dia que eu resolver revisar a belezura. Isso vai ser lá para Janeiro, que agora vai ser o descanso da guerreira (ou não).

5. Pare para descansar

Antes de ser obrigada a parar por causa de uma tendinite do mal, é bom valorizar as pausas e os exercícios. Alongamento para os dedos, punhos, corpo todo, afinal de contas é um esforço hercúleo. Água e lanchinhos gostosos vão bem.

A maior lição que levo desse NaNoWriMo é: escreva. Todo dia, em qualquer lugar, sobre qualquer assunto. Pode ser um versinho, um artigo, um conto ou um romance, o importante é deixar que as ideias que estão pulsando aí dentro saiam.

Se vou tentar de novo ano que vem? Bem, não sei. Mas que a estória desse ano tem um gancho bacaninha pra continuar ano que vem, tem; e vou investir nisso mesmo que não seja em novembro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s