Sobre como é estudar dois idiomas ao mesmo tempo 

Fonte: Pinterest

Por praticamente toda a minha vida, estudei outros idiomas por amor a mim mesma. É um hobby que levo comigo desde muito criança. Às vezes alguém vem me perguntar qual é o meu objetivo ao começar a estudar um idioma novo, e minhas respostas podem variar entre essas opções:

  • Dominação mundial
  • Ler livros que eu gosto no idioma original
  • Para chegar nos países falando o idioma local
  • Porque eu gosto
  • Porque sim, Zequinha!

Passo horas pesquisando material sobre as línguas do meu interesse, e como sou muito musical, se encontro canções que gosto naquele idioma, fica mais fácil ainda. Foi assim que, embora não me sinta segura para conversar com um polonês  (só tive a chance uma vez, e as únicas palavras que saíram foram poezja śpiewana e Grzegorz Turnau), consigo entender boa parte o que as pessoas falam no rádio, por exemplo. Mas tinha um idioma que me dava simplesmente preguiça de estudar. O francês… apesar de amar alguns livros de autores franceses  (O Capitão Fracasso e O Corcunda de Notre Dame foram livros que li uma vez por ano desde que me alfabetizei até entrar na Universidade), não me sentia muito estimulada a ouvir música francesa e ficava com preguiça mesmo. Nem ir pra França eu queria. Apesar dos pequenos esforços em anos anteriores, que me levaram até a comprar um dicionário ilustrado muito lindinho e baixar uns áudios aí, eu achava tudo meio boh-ring…

Até que esse ano, me preparando para viajar para a Alemanha e intensificando o treino em alemão… arranjei um motivo especial para estudar francês.

E olhe, tem funcionado, viu? Ontem, depois de semanas de duolingo, consegui responder três perguntas em francês sem olhar no dicionário! Oh, glória! \o/

A bronca é que estudar dois idiomas ao mesmo tempo  (no caso, francês e alemão) dá um certo tilt às vezes. A gente troca palavra, se confunde, é um espetáculo. É como tenho um sério problema com números, toda vez que estou lendo algum texto em francês, acabo lendo mentalmente o número em alemão, porque… só sei contar em francês até dez (e olhe lá).

Como é que diz aquele número mesmo…

Mas vamos vencer, eu creio.

O mais legal é que finalmente estou achando o francês um idioma muito bonito (sério, eu não era muito chegada). Oui, c’est très romantique! ❤

Para minimizar um pouco a confusão, alterno as lições. Um dia faço francês, no outro alemão, e pego pesado, tendo o máximo de contato possível com música, jornais, vídeos. Conversar com nativos sempre que possível  (estava usando o Hello Talk para o alemão, mas o povo parou de me responder e larguei mão dele). É só depois que terminar os cursos no duolingo, me arrisco a inserir outro idioma (polonês é o próximo).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s